quarta-feira, 29 de junho de 2011

Qual a Razão de viver?

Desde criança, sempre imaginei que viveria muitos anos e que minha passagem por este mundo aqui não seria “só por passar”, alguma marca boa eu tinha que deixar em tudo o que fizesse. Foi por pensar assim que sempre me preocupei em atropelar meu ego diariamente e não deixar que ele me fizesse sentir melhor do que ninguém, porque me conheço muito bem (e ao ser humano em geral) e sei que tal atitude poderia me levar pra bem longe do caráter de Cristo e é esse caráter que quero pra mim. Todos os dias travo uma grande batalha interior, porque se eu tenho algo de bom para oferecer, tem que ser posto em prática, tem que predominar no meu dia-a-dia, para que pessoas ao meu redor possam se sentir melhores de alguma forma. Eu sei, sou um ser humano como todo mundo, mas fico arrasada, inconformada e muito envergonhada quando cometo algo que esteja distante daquilo que Deus espera de mim.

Tenho me preocupado muito com esta questão, porque ultimamente as pessoas perderam totalmente a noção do que é "ser uma boa pessoa” e batem no peito e dizem: “eu sou boa nisto e naquilo outro”, “eu me basto”, “eu sou uma pessoa do bem”, “eu fiz”, “eu faço”, “eu aconteço”, “eu estou certo, o outro é que está errado”, “você viu, fulano pecou, que coisa feia! eu jamais faria aquilo que ele fez”,... e por aí vai.
Mas a bíblia diz assim: "Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, EU SOU.” João 8:58. Alguém aí discorda de Deus?
Amadas, quantos estão vivendo neste engano por aí e não conseguem enxergar que precisam de Deus em suas vidas! Todos nós (eu me incluo nisto) temos que entender que BOM É DEUS, não nós. Cadê a humildade pra reconhecer que ELE é quem deve ser o centro de tudo, e não nós? É Ele que deve ser visto em nossas atitudes, não nós. Devemos ser “instrumentos” e o Senhor é quem nos usa do jeito que achar melhor.

Hoje é o dia da mudança, é dia de reflexão “Examine-se, pois, o homem a si mesmo” 1Co 11:28: deixemos de lado tudo aquilo que nos distancia do caráter de Cristo, principalmente a arrogância, a soberba, o egocentrismo, a presunção, a auto-suficiência, a língua cruel e sem freios, a omissão diante da pobreza, do pecado e da imoralidade. Busquemos uma vida mais próxima de Deus, que é o que realmente importa. "Nosso homem velho foi com ele crucificado.

" Romanos 6:6. “Vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” Efésios 4:22-24
Esse post foi baseado nas postagem que vi em muitos blog, com a sua palavra da para defini o que esse meninas que não conhecer a Deus como elas viver, vivem em uma vida vazia sem rumo, sem expectativas de vidas.

Pense nisso
Em que rumo tem levado a sua vida?

5 comentários:

Gabriela Santos disse...

Muito forte Ana!

Nubia Santos disse...

Ana é de refletirmos mesmo .Porque as vezes podemos julgar as pessoas por pecados que consideramos "grandes demais " e fazermos vistas grossas para os nossos ,aos quais , consideramos "bem pequinininhos'. A arrogância é um pecado que nos cega e não nos deixa ver quem realmente somos diante da grandeza de Deus.

Obr, Ana carla cardoso disse...

É verdade Guerreira, até vigiamos sobre esse assunto, mas como somos humanos somos falho,quendo ou não ate deixamos a deseja, mas o nosso foco sempre tem que esta na frente, não podemos deixar que os erros e o pecado deixa nos cega, temos que vê Deus em tudo e não fecha o nosso olhos por cada luta eu perseguição. Deus é nosso proteto.

Josie Olliveira disse...

Oie Ana..Muito obrigada mesmo..fico felis pelo selo!:) Que Deus te abençoe sempre amiga blogueira..bjinhuss

Obr, Ana carla cardoso disse...

d Nada!!

 

Mulher de Fé Nada Teme Copyright © 2012 Design by Ipietoon Blogger Template